Av. dos Estados, 5001 - Bangu - Santo André - SP. 09210-580
seiva.ambientaljr@gmail.com

Feira do Desapego

Feira do Desapego

O mundo da moda está em constante transição. São cada vez mais cores, modelos, estilos… 

A dinâmica de produção e consumo no mundo da moda no formato fast-fashion, com prazos de produção cada vez mais curtos, simultaneidade de coleções e lotes pequenos, propulsionada pela alta competitividade, exige grande consumo de recursos e rapidez dos processos produtivos e de distribuição, com consequente diminuição da vida útil dos produtos e aumento do descarte.

The Devil Wears Prada GIF
AAAAAAAAAA

Você já parou para pensar na cadeia de produção da sua camiseta, seu sapato, sua calça? Cada vez que você compra uma peça por impulso, sem pensar, você tem ideia do impacto do consumo?

Uma simples camiseta, por exemplo, gasta em média 2495 L de água. Um par de sapatos? Gasta 8547 L. E aquele jeans mara que você comprou na promoção?! Somente 8547 L!

Resultado de imagem para lady gaga triste gif

Brazil, I’m devastated!

Mas calma! A gente não tá aqui pra fazer você abandonar o amor pelas brusinhas! Basta ser consciente nas suas escolhas.

Mas Seiva, eu to doido pra comprar um casaco pra arrasar no frio! E agora?

Resultado de imagem para beyonce frio gif

Bem basiquinha, Bey

Já pensou em passear por um brechó? Ao invés de investir em mais produção, mais resíduo, mais gasto de recursos, você reaproveita o que já está pronto, faz achados de moda incrível, aumenta a vida útil das peças e estimula uma produção de roupas mais duráveis, além de comprar e buscar o que precisa, fazendo compras mais eficientes (e economizando um belo dinheiro)!

Imagem relacionada

Credo, roupa usada? Eu sou cool demais pra isso

Acha mesmo? Pois saiba que o relatório de vendas de 2018 do Thred Up, um dos maiores nomes de lojas de revenda de roupas nos EUA, indicou que o mercado de brechós e revenda está crescendo 9x mais rápido que as cadeias de lojas tradicionais e que a previsão de mercado é de que até 2027 você terá mais roupas de segunda mão do que fast fashion no seu guarda roupa. E segunda mão não significa roupa ruim, mas, pelo contrário, significa roupa de qualidade (às vezes até de marca) por um preço bem mais em conta! É a sustentabilidade na moda também.

Resultado de imagem para maisa comemorando gif

Ahhhh, adorey!

Ao pensar em moda e sustentabilidade, vemos uma corrente importante: a do consumo sustentável e consciente no meio de fast fashions instantâneas e líquidas. Produzir moda com outro olhar é um ato de coragem, já disse a estilista Vivianne Westwood. Trabalhar na durabilidade, matéria prima,  pequenos produtores, redução do impacto de produção e reutilização tem um custo, mas também tem um resultado – a criação de uma cultura de slow fashion, de qualidade acima de quantidade. De vantagens a todos, ao consumidor, com uma peça única, empoderada, consciente, e ao mundo, com uma reflexão desde a produção até o destino final da peça. Ao olhar para as roupas com outros olhos, pensando em tudo que aquela peça ainda pode viver com outra pessoa (além de pensar no lado da doação: você não precisa mais, mas alguém pode precisar!) só incentivamos essa troca bacana e sustentável que já é tendência no mundo todo!

Resultado de imagem para filme comemoração gif

Uhuuuuul

Quer mais? A gente te dá de bandeja a chance de entrar nessas estatísticas e renovar o guarda roupa! A feira do desapego acontecerá nos dias 31 de julho e 1° de agosto (terça-feira e quarta-feira) no campus de Santo André da UFABC, no piso vermelho! Lá você consegue trocar não apenas roupas, mas também livros, cds, dvds, sapatos e aquele papinho com a gente. E sim! Você leu direito! A ideia aqui é trocar! Você não gasta nem um centavo! Traga suas peças e objetos e faça a energia fluir, trocando por outras peças e objetos incríveis!

REFERÊNCIAS

MOURA, Joanna. EM 2027 VAI TER MAIS ROUPA DE SEGUNDA-MÃO DO QUE DE FAST FASHION NO SEU ARMÁRIO.2018. Disponível em: <https://uasz.com.br/2018/07/em-2020-vai-ter-mais-roupa-de-segunda-mao-do-que-de-fast-fashion-no-seu-armario.html>. Acesso em: 17 jul. 2018.

RINCON, Maria Luciana. VOCÊ SABE QUANTA ÁGUA É NECESSÁRIA PARA PRODUZIR UMA CAMISETA? 2012. Disponível em: <https://www.megacurioso.com.br/ciencia/25585-voce-sabe-quanta-agua-e-necessaria-para-produzir-uma-camiseta-.htm>. Acesso em: 17 jul. 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: