Av. dos Estados, 5001 - Bangu - Santo André - SP. 09210-580
seiva.ambientaljr@gmail.com

Já ouviu falar em Plano Estratégico de Biodiversidade?

Já ouviu falar em Plano Estratégico de Biodiversidade?

Feliz dia da Biodiversidade!

Muitos cientistas afirmam que estamos entrando na Sexta Grande Extinção. A partir de registros fósseis, sabemos que cinco grandes extinções já afetaram a Terra, como a dos dinossauros, por exemplo. Nos últimos séculos, a taxa de extinção tem sido até 100 vezes maior que a taxa natural e isso vem ocorrendo por causa das ações antropogênicas que afetam a biodiversidade, como desmatamento, agricultura e manipulação genética.

Mas afinal, o que é biodiversidade e o que a gente tem a ver com isso?

???

É um conceito que surgiu em 1992 no Rio de Janeiro, na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD). Nesse evento, se reconheceu a gravidade da crise ambiental mundial e como ela poderia afetar nossas vidas. Assim, foram firmados vários acordos, com destaque para a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas e a Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB). Esta última definiu que diversidade biológica significa a “variabilidade de organismos vivos de todas as origens, compreendendo, dentre outros, os ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos, e os complexos ecológicos de que fazem parte, compreendendo, ainda, a diversidade dentro de espécies, entre espécies e ecossistemas”.

Uhul, vieram acordos para proteger a biodiversidade!!!

Em 2011, foi formulado o Plano Estratégico de Biodiversidade, para que sejam tomadas medidas com o intuito de assegurar que em 2020 – que já já tá aí, né? – os ecossistemas ainda sejam resilientes, isto é, consigam se recuperar dos danos ambientais e possam oferecer seus serviços. Ele é necessário para preservar a biodiversidade, que é o que sustenta o funcionamento dos ecossistemas que garantem a sobrevivência humana no planeta, contribuindo para a erradicação da pobreza, para o fornecimento de água e ar limpo, além de desenvolvimentos econômicos locais. Os países que se comprometem a seguir o plano são os que integram a Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB): toda a União Européia, além de 193 países, incluindo o Brasil.

Boa Brasil!

Para esse plano acontecer surgiram as Metas de Aichi na 10ª Conferência das Partes da CDB, realizada em Nagoia, no Japão. São 20 proposições para evitar a perda de biodiversidade no mundo que se subdividem em 5 grupos menores.

A preservação da biodiversidade também está presente nas Metas do Milênio, criadas pela ONU em 2000.

Garantir a sustentabilidade ambiental é a Meta número 7 e inclui a redução na taxa de perda de biodiversidade.

De acordo com a ONG World Wildlife Fund (WWF), o “Brasil é uma potência de biodiversidade e líder global nos esforços da CDB. Entretanto, a biodiversidade ainda não tem sido tratada com ênfase nas suas estratégias de desenvolvimento, e isso leva à perda gradual de um diferencial importante do País. É importante que o Brasil demonstre sua liderança na prática”, já que abriga a maior biodiversidade do planeta. Sua variedade de biomas reflete a enorme riqueza que se traduz em mais de 20% do número total de espécies da Terra.

Poxa Brasil :/

 

Bibliografia

MMA. Ministério do Meio Ambiente. FAQs – Biodiversidade – Metas de Aichi. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/perguntasfrequentes?catid=33&start=0>. Acesso em: 01 maio 2018.

 

3 comentários

  1. Ana Cristina disse:

    Biosfera ou ecosfera é o conjunto de todos os ecossistemas da Terra, sendo o maior nível de organização ecológica. Ela inclui a biota e os compartimentos terrestres com os quais a biota interage, assim como seus processos e inter-relações.

  2. Ana Cristina disse:

    Biosfera ou ecosfera é o conjunto de todos os ecossistemas da Terra, sendo o maior nível de organização ecológica. Ela inclui a biota e os compartimentos terrestres com os quais a biota interage, assim como seus processos e inter-relações.
    Biosfera ou ecosfera é o conjunto de todos os ecossistemas da Terra, sendo o maior nível de organização ecológica. Ela inclui a biota e os compartimentos terrestres com os quais a biota interage, assim como seus processos e inter-relações

  3. Ana Cristina disse:

    A biosfera pode ser definida como o conjunto de todos os ecossistemas da Terra, ou seja, diz respeito às regiões habitadas do nosso planeta. Geralmente o termo biosfera relaciona-se com os seres vivos que aqui vivem, entretanto, o termo pode ser ampliado e usado para falar dos ambientes.

    → Divisões do planeta Terra

    O planeta Terra pode ser dividido em quatro camadas esféricas interligadas: litosfera, hidrosfera, atmosfera e biosfera. Essas quatro divisões englobam praticamente todas as características importantes do nosso planeta. Litosfera, por exemplo, é o nome dado à parte sólida formada a partir das rochas. Já a hidrosfera relaciona-se com a porção constituída por água, e a atmosfera é a camada de ar que envolve a Terra.

    Por fim, temos a biosfera, que diz respeito às regiões do planeta que possuem seres vivos e está intimamente relacionada com as outras, uma vez que sem as outras partes do planeta, provavelmente, não existiria vida. Alguns autores preferem dizer que a biosfera seria formada pela litosfera, hidrosfera e atmosfera e que o melhor termo para descrevê-la seria ecosfera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: