Av. dos Estados, 5001 - Bangu - Santo André - SP. 09210-580
seiva.ambientaljr@gmail.com

Tratamento convencional de água

Tratamento convencional de água

Você sabe o caminho que a água percorre até chegar na sua casa? Fácil abrir a torneira, mais fácil ainda é se distrair e exagerar no consumo… mas e o percurso que deixa essa água própria para você, quais são?

A água captada dos rios deve passar por diversas etapas de tratamento até ser considerada potável. Lembra que a gente comentou sobre os METAIS PESADOS ? Esse é só um dos contaminantes que podem estar na água. Para poder ser considerada potável, a água deve seguir padrões estabelecidos por lei e estar livre de diversos microorganismos. Para um tratamento simples, o convencional. Para retirar poluentes emergentes ou aqueles mais difíceis, o avançado.

Vamos começar com o simples? Vem conhecer o grande caminho que a água percorre até chegar na sua torneira (e até mesmo no seu vaso sanitário!):

1. Coagulação e Floculação

 

Aqui as impurezas presentes na água são agrupadas pela ação do coagulante, formando os flocos, ou seja, as partículas maiores.

2. Decantação

Os flocos formados decantam, por gravidade se depositam no fundo do tanque.

3. Filtração

Essa água decantada é encaminhada até um filtro de várias camadas constituído de um meio poroso, como areia, instalado sobre um sistema de drenagem, capaz de reter e remover as impurezas ainda presentes.

4. Desinfecção

Depois de filtrada, um agente físico ou químico, como cloro ou luz ultravioleta, é utilizado com a finalidade de destruir os microrganismos patogênicos que possam transmitir doenças. 

5. Fluoretação

Nessa fase, a água recebe flúor. Para o abastecimento público, essa aplicação é importante pois reduz a incidência de cárie dentária na população. 

 

Que privilégio receber essa água não é mesmo!? Mas depois de utilizada ela alcança o outro espectro do consumo, o descarte pelo esgoto, que é tratado antes de ser despejado de volta na natureza. Mas você já imaginou que da natureza essa água pode voltar pro consumo doméstico?

Seria um ciclo quase que perfeito! E graças a meios de tratamentos, a água do esgoto pode ser tratada e utilizada diretamente para limpeza de ruas, jardinagem, tingimento de tecidos dentre outros exemplos. E ao final do tratamento, ela é despejado em córregos e rios, se juntando a água das chuvas que segue o tratamento acima, retornado a distribuição para a população. 

E como isso ocorre? 

Basicamente esse esgoto recebe três tratamentos especiais: Primeiro há reatores biológicos, uma espécie de ultrafiltração, que retém até 100% das partículas sólidas! Depois, por um processo chamado osmose por foto-oxidação, bactérias e vírus são eliminados. Esses processos oxidativos promovem uma degradação efetiva do poluente, aumentando sua biodegradabilidade. Por fim, há a desinfecção total em que uma radiação ultravioleta ataca o material genético dos microrganismos, impedindo sua multiplicação. 

Incrível não é mesmo?! Juntando a tecnologia com o consumo consumo consciente, nossa água será tratada e retratada com educação e abundância. 

 

Fontes:

Imagens – http://www.snatural.com.br/decantador-tratamento-agua/ e http://www.naturaltec.com.br/decantadores-lamelas/

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/ultimas-noticias/entenda-como-a-agua-de-reuso-se-transforma-em-agua-potavel/

http://alfamec.com.br/produtos/tratamento-de-agua/eta-estacao-para-tratamento-de-agua-para-reuso/

https://www.caesb.df.gov.br/como-a-agua-e-tratada.html

http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=569

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *